Capitão Wagner assume presidência de Frente Parlamentar em Defesa da Cruz Vermelha

“No início da pandemia, a Cruz Vermelha se disponibilizou a ajudar o país, mas a burocracia atrapalhou algumas ações da instituição”, afirma o presidente da Frente deputado federal Capitão Wagner (PROS-CE).

 

A Câmara dos Deputados realizou nesta quarta-feira (29) o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Cruz Vermelha. O evento foi realizado de forma online com transmissão pelo canal da Câmara no YouTube. A Frente, que será presidida pelo deputado federal Capitão Wagner (PROS-CE), tem como objetivo garantir que possamos ter menos burocracia e melhorar a legislação para facilitar esse trâmite com o Poder Público.

“Uma instituição respeitada internacionalmente aqui no Brasil e que presta serviços extremamente relevantes para nossa população em todas as situações que a sociedade precisa do apoio da Cruz Vermelha. No início da pandemia, a Cruz Vermelha se disponibilizou a ajudar o país, mas a burocracia atrapalhou algumas ações da instituição. Nosso objetivo é tratar de alternativas para desburocratizar as parcerias e convênios que a Cruz Vermelha tem a realizar com o Poder Público”, afirma.

Confira o discurso completo do deputado:

https://www.facebook.com/watch/?v=3085171328244756

A Cruz Vermelha Brasileira

É uma das 190 Sociedades Nacionais que compõem o Movimento Internacional de Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho. Fundada em 5 de dezembro de 1908, é constituída com bases nas Convenções de Genebra, das quais o Brasil é signatário. É uma associação civil, sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, independente, declarada pelo governo brasileiro de utilidade pública internacional, de socorro voluntário, auxiliar dos poderes públicos e, em particular, dos serviços militares de saúde. Tem como missão atenuar o sofrimento humano, sem distinção de raça, religião, condição social, gênero e opinião política.

Redação PROS na Câmara