PROS Goiás discute melhorias para municípios goianos e crescimento no pós-pandemia

A data das eleições 2020, programada para 15 de novembro, não é a única mudança que a pandemia do novo Coronavírus trouxe para a disputa dos representantes municipais. O jeito de fazer campanha também vai mudar, seguindo os novos protocolos de saúde pública. Para evitar aglomerações, a internet deve ser a aposta mais viável. “Vai ser uma campanha mais difícil, porque nós não vamos poder fazer aquele corpo a corpo. Estamos buscando novas formas para comunicar, conviver e entrar em contato com nossos eleitores”, afirma Josias Gonzaga, coordenador de campanha do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), na Região Centro-Oeste.

O desafio é ainda maior para um partido jovem, que busca mobilizar o público com novas ideias. De olho no futuro, os representantes do PROS, como o ex-deputado por Goiás, atual presidente regional do partido, e pré-candidato a prefeitura de Goiânia, Samuel Almeida, já estão trabalhando nas filiações partidárias.

O objetivo do partido é chegar em 2022 com 230 mil eleitores filiados para disputar as eleições a nível federal e estadual em Goiás, cenário já conhecido por Samuel Almeida.

Cada município apresenta uma realidade e, por isso, o PROS está de olho na estratégia para lançar seus candidatos. “Queremos captar os desejos, anseios e demandas do cidadão e em cima disso a gente vai construir uma plataforma de campanha eleitoral que venha ao encontro do que a população espera do PROS”, enfatiza Gonzaga.

O plano está sendo traçado de acordo com a realidade de cada um dos municípios. O coordenador de campanha do PROS ainda afirma que estão fazendo um grande exercício democrático para oferecer soluções e uma nova forma de fazer política.

Para Goiânia, o partido presidido a nível estadual por Samuel Almeida, tem como preocupação a ausência de um planejamento de curto, médio e longo prazo, além do planejamento estratégico, situação que ficou mais acentuada com a pandemia. “Nós precisamos pensar a cidade não só no presente, mas também no futuro. Então essa correlação de planejamento com essas crises econômicas, políticas e sanitárias, nós temos que conjugar um esforço para nós definirmos os eixos de oportunidades, os eixos estruturantes e os eixos estratégicos para a cidade de Goiânia”, define o coordenador.

Nascimento do PROS

Surgido em Planaltina de Goiás, no ano de 2013, do desejo de fazer uma política diferente, sem vícios, sem demagogia e, verdadeiramente, preocupado com a construção de uma nova ordem social, o PROS é um partido legitimamente goiano. Sete anos depois a legenda está preparada para disputar uma campanha municipal no mesmo nível que os principais concorrentes.

Para este ano o PROS elaborou um planejamento estratégico em Goiás. O partido está lançando candidatos a prefeito em 18 municípios, mais 17 nomes para vice-prefeitos, e candidatos a vereador em outras 44 cidades. Toda essa estratégia vai permitir sua capilaridade em quase 60 municípios goianos.

 

Biografia

Samuel Guilsimar Almeida, conhecido como Samuel Almeida, é um político do Estado de Goiás. Casado com Ana Carolina de Souza Almeida e pai de quatro filhos, Samuel nasceu em Itaguaru, no interior de Goiás, e mudou-se para Goiânia aos 12 anos. Atualmente, Samuel Almeida preside o PROS Goiás e pretende disputar a prefeitura de Goiânia (GO) nas eleições 2020.